Corpo e estética Dicas Nutricionais Emagrecimento e Vitaminas

Dieta: mitos e verdades

Você já deve ter notado como existem muitos mitos e verdades quando o assunto é dieta. Hoje você vai ficar por dentro das principais dúvidas e descobrir dicas que vão ajudar você a alcançar o seu objetivo.

 

Preciso comer de 3 em 3 horas?

Não necessariamente. É preciso avaliar a rotina como um todo para assim encaixar o plano alimentar corretamente. Comer de três em três horas é apenas um método usado para evitar que você fique muitas horas sem comer, e na hora da próxima refeição acabe exagerando.

O importante é manter hábitos alimentares saudáveis o dia todo, sendo que a quantidade e qualidade precisam ser avaliadas de acordo com a rotina de cada um.

Em processo de hipertrofia, por exemplo, em que as refeições acabam sendo mais volumosas, fracionar é uma prática viável para não ter que comer uma quantidade exorbitante numa única vez. Sem esquecer de que existem várias estratégias de emagrecimento que envolvem longos períodos de jejum, válido, porém, não cabível para todos.

 

É verdade que não pode comer carboidratos depois das 18h?

MITO. O que vai interferir no seu processo de emagrecimento, será a dieta como um todo, e não só a noite. Portanto, o que é importante avaliar é a quantidade e qualidade do carboidrato ingerido, horário de treino e a rotina em geral.

dieta

 

Quais são os melhores alimentos para “perder barriga”?

Antes de qualquer coisa, é preciso lembrar de que NUNCA será um alimento isolado que vai dar o resultado e sim a dieta e treino como um TODO.

Alguns alimentos acabam potencializando sim a perda de gordura e diminuindo o inchaço na região abdominal, problema que incomoda a maioria das pessoas, principalmente as mulheres.

Alimentos termogênicos em combinação com aqueles que dão saciedade, ajudam não só a perder gordura, mas a melhorar o funcionamento do intestino.

 

Entre eles estão:

  • Chá verde: Por ser termogênico ajuda a acelerar o seu metabolismo e tem ação diurética. O que dá aquele reforço para que seu corpo elimine todas as toxinas prejudiciais ao emagrecimento.
  • Gengibre: Assim como o chá verde, o gengibre também é termogênico, além de ter ação anti-inflamatória. Com isso, fica mais fácil eliminar as moléculas de gordura do corpo.
  • Castanha-do-pará: É rica em uma gordura do bem que é o ácido graxo Ômega 3. O Ômega 3 é muito eficiente para combater a gordura localizada, já que facilita a utilização da insulina como fonte de energia. Assim, as chances de você acumular gordura no corpo são diminuídas.
  • Mamão: Fruta rica em fibras que melhoram o funcionamento intestinal, dá saciedade e tem baixo número de calorias.
  • Ameixa: Rica em fibras, melhora o funcionamento intestinal e a digestão dos alimentos. Além disso, combate a retenção líquida.
  • Chá de hibisco: Combate a retenção de líquido, diminuindo o inchaço.
  • Ovos: Proteína magra que ajuda na saciedade, aumento de massa magra e perda de gordura.

 

Atenção! De nada adianta comer estes alimentos se não cuidar da alimentação o dia todo, aliado a atividades físicas. O resultado vem para quem se dedica constantemente e não às vezes.

 

Óleo de coco engorda?

MITO. Todo alimento em excesso pode vir a aumentar o peso, porém a gordura do óleo de coco serve de alimento para as células hepáticas, fazendo com que seu consumo, seja utilizado como fonte de energia para o corpo.

Ainda auxilia na imunidade, funcionamento do metabolismo e aumento da queima de gordura corporal.

 

Whey Protein vai me ajudar no aumento de massa muscular?

Ele ajuda sim, porém é importante a dedicação aos treinos. O Whey sozinho não faz milagre. Além de sua boa quantidade proteica, é muito usado graças a sua praticidade, principalmente para pessoas que estão sempre na correria e não tem tempo de fazer as refeições.

O Whey Protein não é só viável para parte estética, ele auxilia também na melhora da imunidade, bem-estar e saciedade. Lembre-se, mais uma vez é muito importante a orientação quanto ao tipo e as doses ideais para cada pessoa, pois seu excesso pode causar distensão abdominal e acne.

 

dieta

 

Posso aquecer o whey protein?

Como citado acima, o Whey Protein ajuda na imunidade, devido aos seus compostos bioativos, que por sua vez são sensíveis a altas temperaturas. Quando você aquece o Whey protein, você não perde as propriedades proteicas, mas sim degrada estes compostos, por isso o ideal é não aquecer, mas sim acrescer na preparação depois de pronta, por exemplo: mingau, frutas, shakes, etc.

Outro fator que é importante ter cuidado é com as barrinhas proteicas que ficam em exposição solar em lojas, pois estas também podem perder as propriedades.

 

Pronto, agora você já está por dentro dos principais tópicos de uma dieta. O próximo passo é procurar um profissional para que assim ele monte um plano alimentar de acordo com a sua rotina e metabolismo!

 

Texto em parceria com a Nutricionista Esportiva Funcional Cássia Nogueira
CRN2 13819D