Corpo e estética

Casal que treina junto, cresce junto – Especial Dia dos Namorados

Em comemoração ao Dia dos Namorados preparamos uma matéria especial com a parceria do Anderson Ferrari e da Jéssica Gomes. O casal respondeu algumas perguntas sobre a rotina de treinos e dieta, além das vantagens e os desafios de compartilhar esse estilo de vida.

Dia-dos-namorados

O casal treinava há algum tempo na mesma academia, onde os dois se conheceram e iniciaram o namoro. A partir daí, o casal começou a treinar sempre junto.

“Preferimos treinar juntos, nossos treinos nem sempre são os mesmos, mas procuramos nos organizar para que os horários fechem todos os dias. Gostamos de nos ajudar, apoiar um ao outro (dar aquela moral no treino), sempre rende mais quando treinamos juntos. Além disso, obtivemos resultados mais rápidos treinando juntos, pois há uma cobrança maior de um com o outro”.

 

Há quanto tempo vocês estão juntos? Como foi a evolução do casal nesse período?

“Namoramos há 7 meses e nossa evolução foi muito positiva, tanto pessoal e também como casal. Aprendemos a viver juntos, compartilhar momentos, lidar com as dificuldades, saber ouvir e entender o outro. Além disso, o nosso desempenho melhorou muito, conseguimos aproveitar mais os treinos e consequentemente nosso físico melhorou consideravelmente”.

 

Como é a organização da rotina de treinos e dieta do casal?

“A nossa rotina de treinos é bem organizada, terça e sábado, por exemplo, são dias fixos que dedicamos exclusivamente a nós, e nos demais dias treinamos no horário de almoço.

A nossa dieta é bem parecida, pois sempre buscamos comer bem e com qualidade. Por isso, a organização fica mais fácil e normalmente cozinhamos juntos por gostarmos de preparar a nossa própria comida.

O incentivo é mútuo e a conexão é tão grande, que só no olhar um do outro já sabemos se comemos algo ou não”.

 

Quais são as vantagens em treinar com o namorado (a)?

“Inúmeras vantagens! Nossa convivência na academia é o reflexo do nosso relacionamento e do nosso estilo de vida. Nós nos ajudamos muito e aproveitamos para passar um tempo a mais perto um do outro. Treinar junto faz com que a nossa convivência melhore, tenhamos mais cumplicidade e companheirismo, além de que, conseguimos executar da melhor forma os exercícios, evitando erros e talvez lesões.

Diariamente, evoluímos como casal, aprendemos a conversar em momentos de estresse e cobrança e nos tornamos mais pacientes. Esse é o tempo que usamos para descarregar o estresse do dia a dia, nos pesos, é claro”.

 

Vocês acreditam que o relacionamento é importante para a motivação nos treinos?

“No nosso caso sim! Gostamos de nos cuidar e estar bem um para o outro. É o estilo de vida que escolhemos e que nos faz bem, conseguimos impor metas e buscamos atingi-las juntos.

O companheirismo é a base do nosso relacionamento”.

Dia-dos-namorados

Vocês acham que a rotina de treinos beneficia o relacionamento?

“Sim, porque aprendemos a nos organizar como casal, temos horários estipulados para nossas atividades e temos maior comprometimento com nós mesmos.

Nos tornamos mais próximos e íntimos por estarmos sempre juntos e ajudando um ao outro”.

 

O Anderson, recentemente participou do maior evento internacional de nutrição esportiva, saúde, esportes, lutas, performance e fitness da América do Sul, o Arnold Classic e contou como foi participar tendo o apoio de sua namorada Jéssica.

“Quem faz esse tipo de preparação sabe o quão é difícil, o quanto nos superamos todos os dias para chegar no palco e apresentar um shape perfeito, acordando cedo, trabalhando, treinando todos os dias e seguindo a dieta, que a cada dia aperta mais, e nesses momentos é fundamental ter alguém apoiando e dando forças para não desistir.

O apoio da Jéssica foi essencial, convivendo comigo todos os dias, sempre me motivando, apoiando e me colocando para cima em situações difíceis. Só tenho a agradecer por ter essa mulher incrível ao meu lado”. 

 

Clique aqui e confira em nosso site todas as novidades de vestuário masculino.

 

Por fim, a Jéssica nos contou como foi a adaptação da sua alimentação no início do namoro. Segundo ela, fazer uma dieta é a parte mais difícil, já que em muitas vezes é necessário abrir mão de algumas coisas, como beber, fazer festas e até mesmo deixar de fazer parte de grupos de amigos.

“Quando começamos a namorar, eu não seguia uma dieta restrita e também nenhum tipo de suplementação, apenas evitava alimentos gordurosos e refrigerantes, mas pecava sempre nos doces. Então, como o Anderson já seguia algo bem restrito, resolvemos que eu também faria para melhorar a minha saúde, cuidar mais de mim e conseguir um físico legal. Foi quando cortamos o açúcar, a gordura, o álcool, alimentos muito calóricos, e restringimos os carboidratos da minha alimentação, o que para minha surpresa não foi difícil de fazer. Após um tempo pude perceber os resultados obtidos e vi que realmente vale a pena cuidar da gente pois é tudo muito gratificante, você ver até onde consegue chegar e perceber que é mais forte do que imagina. Evoluir é sempre o maior estímulo”.

Clique aqui e confira em nosso site todas as novidades de vestuário feminino. 

Dia-dos-namorados

Se era de um incentivo que você estava precisando para iniciar hábitos saudáveis ao lado do seu amor, a Jéssica e o Anderson, são sem dúvidas uma ótima motivação.

Você tem alguma pergunta para fazer ao casal? Comente aqui embaixo.

 

Bons treinos!