Corpo e estética

Por que escolher a Bike ao invés da esteira?

Esteira1

Quem deseja ter o corpo definido, ou apenas ficar em forma e com saúde, muitas vezes busca apenas exercícios anaeróbios e deixa de lado o aeróbicos, ou vice-versa. É muito importante a prática dos dois, sendo um complementar ao outro.

Os exercícios anaeróbicos, ou de musculação são aqueles que não há oxigênio no processo de respiração celular. São exercícios com altos índices de esforço, como levantamento de peso, flexão, agachamento, dentre outros.

Já os exercícios aeróbicos são aqueles em que o oxigênio tem participação direta na produção de energia, e normalmente são atividades em que demoramos mais tempo para sentir-nos desconfortáveis ou fatigados, atividades como nadar, pedalar, caminhar e dançar são alguns exemplos.

Leia também:

Esteira ou rua? Acerte na escolha e evite frustrações.

CrossFit, o treino da explosão.

Esteira2

Para a caminhada, além da convencional ao ar livre, podemos usar a esteira ergométrica. Esse aparelho proporciona diversos benefícios, além de ser super prático, cômodo e confortável, pois pode ser realizado em qualquer condição climática e horário. A corrida ou caminhada na esteira ajudam a melhorar a forma física, a saúde e a qualidade de vida. Independentemente de sua idade, a atividade melhora o sistema músculo esquelético, reduz o risco de doenças, melhora a aptidão cardiovascular, a flexibilidade das articulações e ainda proporciona a redução do impacto sobre as articulações, sendo bem menor se comparado ao exercício realizado na rua.

Para as pedaladas, é possível usar a bicicleta ergométrica. Como a esteira, é um exercício prático, cômodo e confortável, que traz inúmeros benefícios à saúde, à forma física e à qualidade de vida. Além dos mesmos benefícios da esteira, a bike é um exercício de baixo impacto, o que reduz o estresse mecânico sobre as costas, quadris, joelhos e tornozelos, beneficiando quem sofre com alguma lesão osteomuscular, ou articular, além das gestantes, sedentários ou mesmo as pessoas que estão com sobrepeso.

Os dois exercícios são excelentes métodos de aquecimento, elevam a temperatura corporal, preparam o sistema respiratório e cardiovascular, os músculos, articulações e ligamentos para a execução dos exercícios, ajudando a evitar lesões como, torções, estiramentos e distensões.

Bike1

A esteira e a bike requerem um certo cuidado na hora de iniciar, deve-se analisar a postura, a execução, velocidade, a individualidade da forma física, as condições de saúde do indivíduo e a periodização dos treinos.  Tudo isso é de extrema importância para evitar lesões ou mesmo o desgosto dos praticantes pelo exercício. Por isso, sempre se deve ter o acompanhado de um profissional capacitado para melhor orientar a iniciação e a manutenção das atividades.

Qualquer pessoa pode praticar as duas modalidades, independente do sexo, idade, objetivo, ou patologia, o que devemos prestar atenção na hora da prescrição é na individualidade biológica do praticante, principalmente na hora de indicar o ideal. Quando visamos a melhora do condicionamento físico, a esteira sai na frente, por recrutar um maior grupamento muscular, e coordenação motora, enquanto a bike é ótima para os iniciantes, sedentários, obesos, gestantes e pessoas com problemas articulares, sendo sempre o mais seguro.

Antes de iniciar qualquer atividade é fundamental procurar um médico para assegurar, e em seguida o profissional de Educação Física que irá prescrever o melhor e mais seguro método para cada praticante.

 

Texto elaborado pela Personal Cristiely Vooss.