Dicas Nutricionais

Adolescentes podem suplementar?

Os suplementos visam complementar algum tipo de carência nutricional o qual uma alimentação equilibrada não consegue suprir, como por exemplo: vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos essenciais (ômega 3) ou aminoácidos essenciais (BCAA’s).

Adolescentes podem suplementar

 

Adolescentes podem suplementar?

Atualmente, muitos adolescentes estão preocupados em conquistar um corpo definido, e têm aderido à prática de musculação e ao uso de shakes protéicos e outros suplementos para aumentar o ganho de massa muscular. Todas as faixas etárias podem beneficiar-se com os suplementos nutricionais, ou seja, adolescentes podem suplementar sim!

O consumo de proteínas deve obedecer ao limite diário máximo de aproveitamento desse nutriente pelo organismo. O que for ingerido além do necessário poderá aumentar o risco do desenvolvimento de problemas renais. Então muito cuidado com os excessos!

Além disso, é importante observar o tipo de dieta do adolescente, caso ela seja superior as suas necessidades calóricas, ao consumir shakes, pode ocorrer o armazenamento da energia proveniente do suplemento em forma de gordura.

Adolescentes podem suplementar

Os suplementos energéticos (carboidratos) como a dextrose, maltodextrina e palatinose, por exemplo, também são muito utilizados pelos adolescentes, pela facilidade e pela necessidade de reposição rápida de energia.

Esses suplementos podem ser bastante úteis antes, durante ou após a atividade física, repondo assim, os níveis de glicogênio o mais rapído possível. Além disso, podem atenuar os marcadores de estresse físico durante a atividade física.

Você vai gostar também:

HIIT, queime calorias como nunca!

Não erre, comece a suplementar na hora certa

Tudo o que você precisa saber para escolher a academia certa

 

Suplementos termogênicos, como por exemplo, os suplementos pré-treinos que tem em sua composição altas doses de cafeína podem não ser indicados para adolescentes.

Adolescentes podem suplementar

O acompanhamento de um nutricionista capacitado é fundamental para indicar o tipo de suplemento e a quantidade ideal. Esta suplementação irá depender dos objetivos, do tipo, intensidade e frequência da atividade física e do estado geral das necessidades específicas de cada indivíduo.

O que jamais deve ser deixado de lado é a atenção com o plano alimentar. Os adolescentes podem suplementar, mas suplementos nutricionais precisam estar equilibrados com a implantação de pequenas mudanças nos seus hábitos alimentares, e mais uma vez, a prática de exercícios físicos é fundamental!

 

Texto elaborado pela nutricionista Fernanda da Cunha.